Observação das Baleias Jubartes

Todo ano as baleias jubarte deixam as gélidas águas próximas ao continente antártico em busca de águas mais quentes e tranqüilas, o que encontram no litoral do nordeste brasileiro.

Pode-se inclusive dizer que essas baleias são baianas, afinal, não apenas nascem na Bahia, como também são concebidas aqui.

Essas baleias são do grupo que não tem dentes, e sim grandes barbatanas, com as quais filtram pequenos camarões para se alimentar, coisa que só fazem no verão, perto da Antártica. Quando as baleias jubarte estão no litoral baiano, é possível se aproximar delas - seguindo uma série de cuidados - e observar alguns de seus hábitos. É comum encontrar mães com seu filhote em águas rasas, relativamente perto da costa.

Saída nos meses de Agosto e Setembro, e até o início de Outubro, o passeio de observação de baleias em Morro de São Paulo

A iniciativa, além de ser um passeio muito interessante, é também uma forma de colaborar com a preservação das baleias jubarte - parte do valor do passeio é revertido para o Instituto Baleia Jubarte, e biólogos costumam acompanhar as saídas dospasseios para coletar dados científicos.

As saídas acontecerão às terças, quintas e sábados, a partir das 9 horas da manhã e com retorno previsto entre 12:00 e 13:00. Antes de sair ao mar acontece uma pequena palestra (09h em inglês e 09:20 em português) de introdução, com orientações sobre o passeio, hábitos migratórios, alimentares e reprodutivos das baleias, normas de segurança e os principais comportamentos que poderemos observar, como saltos, exposição das nadadeiras e outros. Depois acontece o deslocamento até o porto para embarque na lancha e início da navegação em direção ao mar-aberto. Esta navegação é feita em lancha modelo flexboat, que permite uma melhor visibilidade e mais mobilidade para alcançar os grupos de baleias. O tempo de navegação varia bastante, mas geralmente não costuma ultrapassar três horas no mar. Algumas vezes, em dias de bastante sorte, quando são encontrados vários grupos de baleias rapidamente, o retorno para a costa pode ser antecipado.
 
Para esse passeio é recomendado tomar medicação preventiva contra enjoo e levar chapéu, protetor solar, uma garrafinha de água, toalha, algum tipo de agasalho porque pode ventar, óculos escuros e câmera fotográfica.
Esse passeio não é recomendável para gestantes, pessoas com necessidades especiais, dificuldade de locomoção e crianças menores de 12 anos por ir para mar aberto e muitas vezes a uma distância relativamente longe da costa, o que dificulta um retorno rápido caso a criança fique cansada, com medo ou mareada. 
 
Encontrar as baleias em mar aberto depende de um pouco de sorte, já que são animais livres no seu habitat natural e por isso não podemos dar garantia de que os animais sempre serão encontrados ou do tipo de comportamento que será observado, mas nas últimas temporadas tivemos um excelente índice, encontrando baleias em cerca de 99% das saídas.